killkisho:

magic pussy so crazy bro

"Read as much as you can. Nothing will help you as much as reading."

- J. K. Rowling (via money-in-veins)

Eu e a minha incrível capacidade de falar algo, e acabar machucando a pessoa que mais amo. Queria saber dosar essa parte, essa inquietação que tenho comigo mesma, e que eu não consigo esconder, mesmo que fira alguém de alguma forma.. Eu to me sentindo a menina mais idiota do mundo, por não saber algumas respostas que são feitas por mim mesma e que nem sempre sei responder, mas se tem uma em que eu possa responder é ” tu ama ela?”

Sim. Amo de todas as formas explicáveis e inexplicáveis, às vezes nem sei como demonstrar tal amor, já nem sei se já disse a quantidade de “eu te amo” necessárias em um dia, ou quantos presentinhos foram dados, em datas especiais e por querer apenas presenteá-la, já não tenho certeza de quantas cartas já lhe escrevi declarando com todas as palavras que encontro no momento pra dizer, explicar, afirmar, reafirmar que a amo, já apareci nos intervalos do trabalho, já peguei ônibus errados, já peguei chuva, já fiquei no frio, já fiquei sem suco, já caminhei por horas, já viajei algumas distâncias, já dei uma rosa.. Enfim, já foram algumas formas de deixar em vista à ti, que EU TE AMO! Queria, e quero te dar todas as demonstrações que eu puder, eu só te peço desculpas, por ser tão Thainá às vezes que não é pra ser. O Leãozinho é bobo, e nunca, NUNCA, que quer fazer se sentir desprotegida. 

Quando penso em um futuro, presente e quando vejo o passado, eu vejo nós, eu vejo a gente, eu penso na gente, AMOR DA MINHA VIDA, sim ela é o amor da minha vida, nunca senti por alguém um amor tão reciproco quanto é o nosso, é um afeto enorme, é algo que tu sabes muito bem que transborda, e transborda mesmo do meus olhos, é uma felicidade imensa, é uma paz, uma segurança, é nós, TU E EU, eu e tu, blinquidu, blinquidu, é maneiro pra xuxu! ~risos. Gab, meu Tatolo lindo, minha amor, minha mozinha, já nem sei mais o que é não te ter por perto sempre, já nem sei mais o que é eu não dizer que te amo, não aparecer nos intervalos, não pegar os ônibus errados, não escrever cartas(apesar que agora diminuiu a quantidade), não pegar chuva, não passar frio, não ficar sem suco, não caminhar por horas, não viajar algumas distâncias, não te dar uma rosa, não te presentear, não te cortejar.. EU NÃO SEI MAIS O QUE É FICAR SEM TU..  

Obrigada por tudo, por tudo, pelo que tu é,pelo o que eu sou, pelo o que a gente é, o que a gente se tornou uma pra outra, pelas coisas feitas e não feitas, ditas e não ditas, pela espontaneidade, e pelas pura espancada pressão~risos (brincadeira). Obrigada!